Os terminais 3G - celulares e dispositivos móveis - totalizaram mais de 41,1 milhões de acessos no ano passado, o que significa um incremento de 99,31% em relação a 2010( 20,6 milhões), revela dados divulgados pela Anatel, nesta segunda-feira, 16/01.

Os aparelhos celulares têm ampla vantagem. Os terminais WCDMA chegaram a 33.240.409 milhões, mas a tecnologia ainda representa 13,72% do mercado total, ainda sustentado pelos aparelhos GSM. Os terminais de dados fecharam o ano em 7.873.996 milhões, respondendo por 3,25% do mercado total 3G.

O Brasil fechou 2011 com mais de 242,2 milhões de acessos na telefonia móvel. No ano, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) registrou 39,3 milhões de novas habilitações (crescimento de 19,36%) e teledensidade de 123,87 acessos por 100 habitantes (crescimento de 18,33%), revela a Anatel.

O número absoluto de novas habilitações é o maior dos últimos doze anos, superando, inclusive, o crescimento registrado em 2008, pré-crise financeira mundial, quando houve 29.661.300 habilitações.

Em 2011, do total de acessos em operação no país, 191,2 milhões eram pré-pagos (81,81%) e 44 milhões pós-pagos (18,19%). No ano anterior (2010), havia 167,1 milhões de acessos pré-pagos (82,34%) e 35,8 milhões pós-pagos (17,66%).

fonte: TI Rio