São Paulo - Pelo menos 4,5 milhões de usuários assinaram a petição online que o Google colocou no ar, ontem, contra os projetos de lei Sopa (Stop Online Piracy Act) e Pipa (Piracy Act), que tramitam na Câmara e no Congresso americano, respectivamente.

Esse é o número registrado pela empresa até às 19h30 de ontem, no horário de Brasília (três horas à frente do horário americano), e repassado pelo porta-voz do Google, Christine Chen, ao site Cnet.

“O Senado vai começar a votar o projeto em 24 de janeiro. Assine esta petição instando o Congresso a votar contra a Pipa e a Sopa antes que seja tarde demais”, convocou a empresa.

Repercussão

Logo após a onda de protestos das empresas de tecnologia realizada ontem, dois políticos americanos anunciaram que retiraram apoio às medidas.

No senado, o republicano Marco Rubio confirmou a mudança de posição em relação ao Pipa. Na Câmara, um porta-voz confirmou movimento idêntico do também republicano Lee Terry em relação ao Sopa.

De acordo com a agência Reuters, com a virada no sentimento do público sobre a medida nas últimas semanas, a Casa Branca já considera revisar os projetos.

Para a MPAA (Motion Picture Association of America), associação que reúne estúdios de cinema americanos, a mobilização das empresas de tecnologia é uma manobra para colocar o público contra a aprovação das leis. O Google deve enviar agora a petição aos deputados e senadores.

fonte: 4,5 milhes assinam petio do Google contra Sopa - Internet - Not