Resultados 1 a 2 de 2
  1. #1
    Super Moderador
    Data de Ingresso
    Sep 2010
    Localização
    Procurando...
    Posts
    4,106

    Brasil entrega proposta técnica para backbone latino-americano

    O Ministério das Comunicações deu mais um passo para a construção do anel que vai interligar as fibras ópticas dos países da América do Sul e reduzir os custos de conexão. O Brasil apresentou uma proposta técnica detalhada durante a I Reunião do Grupo de Trabalho sobre Telecomunicações do Conselho Sul-Americano de Infraestrutura e Planejamento (Cosiplan), realizada no dia 31 de janeiro, no Paraguai. Agora, o projeto será avaliado pelos países participantes.

    A construção do anel óptico foi estabelecida como uma prioridade pelos ministros das Comunicações dos países sul-americanos. Isso porque a solução vai possibilitar a seus cidadãos uma conexão mais rápida a preços mais baixos. Atualmente, o caminho percorrido pelos dados numa simples conexão à internet é extenso e caro: se um internauta do Brasil acessa um site do Chile, por exemplo, a conexão segue até um servidor nos Estados Unidos, via cabos submarinos, para, então, voltar ao Chile. Com o anel óptico interligando os países sul-americanos, o tráfego circulará diretamente entre as redes locais.

    O projeto apresentado pelo Brasil na reunião do Cosiplan incluiu tanto propostas para a integração física das redes já existentes nos países de fronteira quanto para sua integração lógica. Nesse último caso, trata-se de uma série de acordos de interconexão para que as redes dos países sul-americanos possam efetivamente se comunicar. Com os acordos, cada rede seria dotada de tabelas de rotas, ou seja, informações sobre o “caminho” para chegar a cada um dos outros países.

    De acordo com o diretor do Departamento de Banda Larga do MiniCom, Artur Coimbra, os acordos devem ser firmados assim que os países avaliarem a proposta. A expectativa é que, no prazo de um ano, seja possível fechar os acordos e fazer a ligação das redes já existentes nas fronteiras.

    “Muitos países já têm redes fronteira com fronteira. O tom da reunião foi que temos condições de ligar essa infraestrutura já posta a um custo relativamente baixo”, explica Artur Coimbra, que representou o MiniCom no encontro. A construção das redes ficará a cargo da estatal de cada país - no caso do Brasil, a Telebras.

    A interligação das redes de telecomunicações sulamericanas - uma espécie de backbone continental - deve custar US$ 100 milhões e levar dois anos para ser concluída, a tempo da Copa do Mundo de 2014.

    fonte: Convergncia Digital - Incluso Digital - Brasil entrega proposta tcnica para backbone latino-americano
    Siga-nos em nosso twitter: @wht_brasil

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002
    A pretexto de “promover uma maior integração com os países do Mercosul”, o deputado gaúcho Enio Bacci apresentou projeto na Câmara para tornar obrigatório o ensino de espanhol no ensino fundamental. Pelo projeto, estudantes de todo o país passariam a aprender a língua a partir do quinto ano escolar. Para Bacci, com a introdução do espanhol, “o aluno terá outro conhecimento de mundo”. A proposta aguarda análise preliminar da presidência da Câmara.


    Por Lauro Jardim

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •