Resultados 1 a 7 de 7
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992

    [video] Data center da Softlayer em Amsterdam

    Matéria exibida na televisão holandesa.

    NOS Nieuws - Nederland in trek bij bedrijven

  2. #2
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Que delicia, plataforma 100% padronizada. Tudo SM. Nada de marcas de hardware distintas.

    O gordão com o servidor 2U na mão como se estivesse segurando uma folha de papel... Eu tomo uma surra e uma suadeira para levantar estes bichos e colocar no rack! (Tenho 1.63m, 82kg, e não tenho absolutamente nenhuma força nas mãos).

  3. #3
    Super Moderador
    Data de Ingresso
    Sep 2010
    Localização
    Procurando...
    Posts
    4,106
    Citação Postado originalmente por cresci Ver Post
    Que delicia, plataforma 100% padronizada. Tudo SM. Nada de marcas de hardware distintas.

    O gordão com o servidor 2U na mão como se estivesse segurando uma folha de papel... Eu tomo uma surra e uma suadeira para levantar estes bichos e colocar no rack! (Tenho 1.63m, 82kg, e não tenho absolutamente nenhuma força nas mãos).
    hehehe, realmente ele faz parecer facil!
    Siga-nos em nosso twitter: @wht_brasil

  4. #4
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992
    Tempos atrás o Kevin Hazard publicou no blog da Softlayer um video mostrando a padronização (a única diferença para os datacenters americanos são algumas tomadas) e imagens interessantes de Amsterdam.

    SoftLayer Amsterdam Data Center (AMS01): Does it Measure Up? - YouTube

    Quanto ao peso do servidor, Dell 1u com 2 processadores, difusores de cobre , 2 fontes, e 3 HDs, é muito mais pesado do que aparenta. Já me ferrei indo buscar a pé um desses que estava a uns 300m do local. O dia todo tirando e colocando no rack o cara vira um lutador de sumô.

  5. #5
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992
    Nearly every aspect of the data center mirrors what you see in WDC, SEA, HOU, SJC and DAL. The only differences I really noticed were what the PDUs looked like, what kind of power adapter was used on the crash carts, and what language was used on the AMS facility’s floor map. One of the most interesting observations: All of the servers and power strips on the racks used US power plugs … This characteristic was particularly impressive to me because every gadget I brought with me seemed to need its own power converter to recharge.

    When you see us talking about the facilities being “the same,” that’s not a loosely used general term … We could pull a server from its rack in DAL05, buckle it into an airplane seat for a 10-hour flight, bring it to AMS01 (via any of the unique modes of Amsterdam transportation you saw at the beginning of the video), and slide it into a rack in Amsterdam where we could simply plug it in. It’d be back online and accessible over the public and private networks as though nothing changed … Though with Flex Images making it so easy to replicate cloud and dedicated instances in any facility, you’ll just have to take our word for it when it comes to the whole “send a server over to another data center on a plane” thing.
    Amsterdam Data Center (AMS01): Does it Measure Up? – SoftLayer Blog

  6. #6
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Citação Postado originalmente por 5ms Ver Post
    Quanto ao peso do servidor, Dell 1u com 2 processadores, difusores de cobre , 2 fontes, e 3 HDs, é muito mais pesado do que aparenta. Já me ferrei indo buscar a pé um desses que estava a uns 300m do local. O dia todo tirando e colocando no rack o cara vira um lutador de sumô.
    Eu já sofri um bocado com alguns, em Miami. Um case da Rackable Systems de 16 discos era pesadinho, eu só conseguia carregar ele sem os discos, e mesmo assim o design das "orelhas" do servidor era péssimo, dava pra cortar a mão (ou mesmo guilhotinar, se não tivesse cuidado) nelas.

    Já os Supermicro de 24 baias (esses gigantões aí no video da SL) são impossíveis para mim, mesmo sem os drives _e sem os caddies_. Eu rackeei dois desses em Miami para um cliente de colocation (depois de ter vendido a empresa) e levei umas 2h em cada um entre desempacotar, levantar, retirar drives, arrastar por 20m, e levantar ele sozinho em "fases" para o pé do rack. O bicho é muuuuuuito pesado.

  7. #7
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992
    Não consigo nem imaginar o peso de um troço desses com 16 discos. Eu tinha um 4u com 6 discos e era pesado demais. Dava para carregar (machucando a mão, claro), mas levantar, era um esforço desgraçado. Com 24 discos é humanamente impossivel. Por isso que a gente vê anúncio de umas geringonças para carregar e elevar servidores para "rackear". O datacenter que disponibiliza oferece uma cortesia e tanto.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •