Empresas do setor de tecnologia da informação (TI), com faturamento entre R$ 5 milhões e R$ 100 milhões por ano, em busca de financiamento para projetos inovadores, podem concorrer à seleção promovida pela Associação Brasileira de Private Equity& Venture Capital (ABVCAP). Os escolhidos apresentarão seus projetos para investidores e gestores de fundos de privateequity, venture e seed capital.

Para concorrer a uma participação no Venture Forum de TI, as empresas devem se increver até sexta-feira (14) no site Venture Forum. Depois de uma seleção, as empresas escolhidas, que serão entre 10 e 12, passarão por um período de treinamento e capacitação para então apresentarem seus projetos no Venture Forum.

“A expectativa é proporcionar um momento único para esses empreendedores apresentarem seus planos de negócios a importantes investidores”, explicou Clovis Meurer, presidente da ABVCAP nesta quarta-feira (12).

O Venture Forum é um processo de seleção e preparação de empresas inovadoras de TI que desejam receber aportes de fundos de participação para promover o seu rápido crescimento.

"O processo culmina num evento que tem a presença de investidores e gestores de fundos de venture capital e privateequity e que ocorrerá em São Paulo, no dia 23 de outubro", explica o consultor de empresas da ABVCAP, Christian de Castro.

Esta é a segunda seleção de empresas que a ABVCAP realiza. A primeira foi para empresas da cadeia produtiva de óleo e gás, que selecionou 8 empresas que apresentarão seus projetos a investidores no próximo dia 19 de setembro, no Centro de Convenções da Bolsa do Rio. Agora, a associação está em busca empresas de tecnologia.

“O setor de TI é pujante e já com excelentes exemplos de empreendimentos de sucesso no Brasil”, diz Christian de Castro.

Segundo o Centro de Estudos em Private Equity e Venture Capital da FGV-Eaesp (GVcepe), o setor de TI é o mais atrativo para os fundos de participação e respondeu por cerca de 20% dos investimentos em privateequity e venture capital no Brasil, em 2009.
“De lá para cá o setor cresceu ainda mais”, afirma Castro.

Castro explica que dentro desse mercado há companhias que querem aproveitar as oportunidades de negócios disponíveis, mas não têm fôlego para alavancar seu crescimento.

"É nesse cenário que surgem os fundos de participação com recursos para conduzir essas empresas inovadoras a patamares competitivos", diz.

O Venture Fórum tem o patrocínio da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e parceria com a Fesa e Softex. A preparação das empresas é feita com a metodologia da Financiadora de Estudos e Projetos - Finep/Inovar.

link: TI Rio