A negociação das ações do Google chegaram a ser interrompidas na tarde desta quinta (18) após enfrentarem queda de quase 10%. O colapso foi causado pelo vazamento dos resultados dos terceiro trimestre, revelando que a empresa perdeu receita e rebaixou as expectativas de lucro líquido.

O faturamento do Google ficou em US$ 14,1 bilhões para o trimestre encerrado em 30 de setembro, aumento de 45% ano a ano, de acordo com um comunicado de imprensa que postado no site da Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos EUA, órgão que controla as bolsas de valores.

Subtraindo comissões e outras comissões taxas pagas a parceiros de publicidade, a receita foi de US$ 11,33 bilhões, abaixo da expectativa de mercado de US$ 11,86 bilhões.

Enquanto isso, o lucro líquido foi de US$ 2,18 bilhões, ou US$ 6,53 por ação, ante US$ 2,73 bilhões, ou US$ 8,33 por ação, no terceiro trimestre de 2011.

Em uma base pro forma, que exclui certos itens, o lucro líquido foi de US$ 3 bilhões, ou US$ 9,03 por ação, abaixo da expectativa dos analistas financeiros de US$ 10,65.

Poucos minutos após o vazamento, as ações da companhia eram negociadas a 687,30 dólares, queda superior a 9%. A negociação das ações da empresa foram interrompidas após a queda rápida de seu valor.

O Google culpou a empresa RR Donnelley pela liberação prematura da declaração sobre um erro de impressão financeira. "Interrompemos nossa operação na Nasdaq, enquanto trabalhamos para finalizar o documento", disse um porta-voz do Google.

link: TI Rio