Com uma velocidade de internet móvel de 1,12 Megabit por segundo (Mbps), o Brasil fica apenas na quarta colocação entre os países na América do Sul com conexões móveis mais rápidas, de acordo com um estudo divulgado pela Akamai em relação a dados do segundo trimestre deste ano.

A internet móvel brasileira, em termos de velocidade, ficou atrás das taxas observadas na Argentina (1,6 Mbps), Chile (1,3 Mbps) e Colômbia (1,17 Mbps). O país fica à frente apenas do Paraguai, Venezuela e Bolívia. O pico da velocidade de conexões móveis no Brasil, indica o estudo, foi de 8 Mbps no período.

No mundo, a velocidade média de internet móvel foi de 2 Mbps. Por país, a maior velocidade média de conexão móvel, de 7,7 Mbps, foi observada na Rússia. Em relação aos picos de conexão, o Reino Unido foi o país que apresentou a maior velocidade, com 44 Mbps.

Internet fixa

Em relação a conexões de internet fixa, o Brasil também está abaixo da média em relação ao outros países na América Latina. A média da velocidade ficou em 2,1 Mbps, abaixo do Chile (3 Mbps), México (2,7 Mbps) e Colômbia (2,5 Mbps). Entretanto, é maior que a de Argentina (2 Mbps), Peru (1,8 Mbps) e Venezuela (1 Mbps).

Entretanto, o levantamento identificou que no Brasil 12% das conexões apresentaram velocidade maior que 4 Mbps. A estatística, segundo a Akamai, é relevante uma vez que é essa a velocidade considerada necessária para assistir a um vídeo em alta definição, por exemplo.

link: TI Rio