Resultados 1 a 2 de 2
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,042

    Sonho de 'dominação mundial' do Google é tema de documentário

    Google and the World Brain, de Ben Lewis, narra com uma multiplicidade de pontos de vista a complicada história do projeto de escanear todos os livros do mundo, lançado pelo Google em 2002, e da resistência que ele vem enfrentando.

    O trailer começa com H.G. Wells discursando para a câmera: “Não há hoje nenhum obstáculo prático de qualquer tipo à criação de um índice oficial de todo o conhecimento, ideias e realizações humanas, ou seja, à criação de uma memória completa e planetária para toda a humanidade”. No caso, hoje era 1937, quando o famoso escritor inglês de ficção científica lançou seu ensaio World brain, que explica o título do documentário.

    Wells acertou quanto à ausência de obstáculos tecnológicos, mas o fato é que eles se multiplicam no campo jurídico – para não mencionar o ideológico. O historiador Robert Darnton, nome de maior peso intelectual na frente de oposição à ambição do Google, aparece no documentário dizendo mais ou menos o que disse em Paraty na Flip 2010:

    “Estão criando o maior monopólio já visto, um monopólio de informação. Não acho correto comercializar uma biblioteca que foi formada ao longo de séculos e deixar isso na mão de uma empresa que precisa gerar lucro para seus acionistas. A República das Letras, com seu acesso universal ao conhecimento, ideal do seculo 18, tem uma chance de ser tornada real no século 21, mas precisamos encontrar modelos que façam isso levando em conta o interesse público, não o privado.”
    Google e o C

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,042

    Filme alerta para o problema dos dados online

    Por Vinicius Felix

    Documentário investiga como os termos de serviço e as políticas de privacidade mudaram nos últimos dez anos

    Entre tantos temas e personagens do mundo da tecnologia ganhando as telas do cinema, chegou a vez dos termos de uso dos sites e de privacidade serem o assunto de um filme. O documentário Terms and Conditions May Apply do diretor Cullen Hoback, que estreia nesta quarta-feira, 23, no Festival de Sundance, vai atrás de contar como os termos de uso e as políticas de privacidades das grandes empresas de comunicação da internet surgiram e porque mudaram tanto nos últimos anos.

    O tom do filme é de alerta para a questão. A posição fica clara no trailer: “O maior golpe da história não envolve tomar dinheiro, é sobre pegar a suas informações.”

    Hoback começa a discussão em 1999 e mostra o primeiro termo de uso do Google, atualmente excluído do histórico oficial da empresa. No texto, o Google primava pela privacidade e afirmava que não conseguia identificar os usuários com o material coletado, algo bem diferente do panorama atual.

    Mas por que isso mudou? O diretor mostra como o Ato Patriótico, onde o governo americano cobrou maior vigilância das empresas com o que corre online, e a chegada dos anunciantes, forçaram a necessidade de se coletarem mais dados para sobreviver, transformando isso em material valioso para vigilância e para os negócios.

    Além do Google, os alvos do filme passam pelo presidente dos EUA, Barack Obama e, claro, Mark Zuckerberg, que é entrevistado em uma ‘emboscada’ armada pelo diretor.

    Ainda sim, Terms and Conditions May Apply não aborda só o lado negativo da história. O filme também mostra como o excesso de dados coletados permitiu o crescimento das empresas e o desenvolvimento da internet que conhecemos hoje.

    “O que precisa mudar é a percepção geral de como os nossos dados são usados. O primeiro passo é a consciência”, resumiu Hoback, em entrevista para o site CNET.
    Filme alerta para o problema dos dados online - Link Estad
    Última edição por 5ms; 26-01-2013 às 08:42.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •