Resultados 1 a 1 de 1
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002

    Implantação de redes 4G avança em seis capitais

    Autor(es): Por Cibelle Bouças | De Campinas (SP)
    Valor Econômico - 20/03/2013


    A implantação da telefonia móvel de quarta geração (4G) nas cidades que sediarão os jogos da Copa das Confederações de 2013 avança, apesar dos problemas relatados por operadoras para instalar antenas de transmissão do sinal. Após a Claro, controlada pela América Móvil, anunciar a oferta do serviço nas cidades de Recife, Porto Alegre, Curitiba, Campos do Jordão (SP), Búzios e Paraty (RJ), a Telefônica/Vivo informou ontem que vai oferecer o serviço, a partir de 30 de abril, nas cidades-sede da Copa das Confederações: Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife e Fortaleza.

    "Apesar das dificuldades para a instalação de antenas nas capitais, vamos entregar o que foi estabelecido em contrato", disse ao Valor Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica/Vivo. Mudanças na legislação de Brasília e do Rio de Janeiro facilitaram a implantação das redes nessas cidades, mas a operadora ainda enfrenta barreiras em outras capitais, disse Valente.

    O executivo afirmou que a Telefônica/Vivo procura "maximizar a capacidade das redes" por meio do compartilhamento de antenas e de infraestrutura de acesso. No início do mês, a companhia anunciou uma parceria nessa área com a Claro. A Oi e a TIM fizeram um acordo semelhante. Essas parcerias estão em fase de análise na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

    O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou ontem estar confiante em relação ao cumprimento do prazo fixado para a oferta do 4G. "As operadoras já estão instalando as antenas nessas cidades. Apostamos que tudo estará pronto até 30 de abril", disse. Bernardo reconheceu que a existência de inúmeras legislações municipais que restringem a instalação de antenas dificulta a realização dos projetos, mas disse que é possível para as teles oferecer uma cobertura de 50% nesses municípios, conforme previsto no leilão de 4G.


    O ministro disse que as operadoras vão instalar pequenas torres em torno dos estádios de futebol para garantir a oferta de sinal 4G durante a Copa das Confederações. A Telebras, segundo Bernardo, está montando redes de fibra óptica nos 12 estádios e nos municípios que sediarão a competição.

    Sobre a faixa de frequência de 700 megahertz (MHz), atualmente ocupada pelas emissoras de TV abertas, o ministro disse que o prazo é até 7 de abril para que desocupem a faixa. O objetivo é que as teles usem essa frequência para implantar a rede 4G.

    Bernardo e Valente participaram da inauguração de um novo laboratório do CPqD, em Campinas, voltado a testes e medições de qualidade de equipamentos de redes 4G. Durante a cerimônia, a equipe do CPqD apresentou um equipamento que permite oferecer serviços de 3G e 4G na faixa de 450 MHz, destinada a zonas rurais.

    A tecnologia será usada pela brasileira WxBR, que vai fabricar e vender os equipamentos a partir do segundo semestre. Samuel Lauretti, presidente da WxBR, disse que negocia a oferta dos equipamentos com operadoras do Brasil, da Argentina, do México e de países da Europa. A chinesa Huawei também possui equipamentos de transmissão 4G para a faixa de 450 MHz.
    http://clippingmp.planejamento.gov.b...-seis-capitais
    Última edição por 5ms; 20-03-2013 às 14:23.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •