A empresa quer terminar o ano com uma rede que alcance 1,7 milhão de residências


Autor(es): Fernando Nakagawa
O Estado de S. Paulo - 09/05/2013

Ontem, em teleconferência a investidores, o diretor de operações da Telefônica, José Maria Alvarez-Pallete, afirmou que as receitas da empresa na América Latina "Vão crescer" ao longo do ano, mas não citou números. Além do aumento da base de clientes na região, ele explicou que alguns países tendem a ter recomposição de preços pelo cenário de inflação um pouco mais alta.

Entre os países que devem elevar suas receitas, o executivo citou o Brasil, o Chile e o México.

Áivarez-Pallete disse também que a filial brasileira continua com o plano de expansão da rede de fibra ótica em São Paulo. Segundo ele, a empresa quer terminar o ano com uma rede que alcance 1,7 milhão de residências. No balanço, a empresa afirmou que a rede já alcançava 1,1 milhão de residências em março, quando o serviço tinha 120 mil assinantes.
Receita da Telef