Os destaques no período foram o forte crescimento nas vendas de computadores para o governo (alta de 508,7% em número de unidades) e do incremento da participação dos tablets nas vendas.

Os tablets representaram 18,8% do total de vendas em volume, com 144 mil unidades. O desempenho foi quase 2000% maior que o registrado no primeiro trimestre de 2012, quando os tablets representaram 1,4% das vendas da Positivo. O desempenho desses aparelhos superou as vendas de netbooks (121 mil unidades) e ficou pouco abaixo dos números registrados em notebooks (176 mil).

O grande impulsionador das vendas de tablets foi a entrega de equipamentos para o Ministério da Educação (MEC). A Positivo tem contratos com o governo para entregar até 650 mil unidades desses equipamentos.

Matéria completa: Positivo supera proje