O que fazer quando você desenvolve um produto cujos concorrentes são corporações gigantescas? A solução é inovar, claro, mas não necessariamente naquilo que você oferece ao consumidor, mas na maneira como ele usa o seu produto ou serviço.

Foi exatamente essa a saída encontrada por uma empresa norte-americana, que criou um navegador para a Internet que se chama Perk, baseado por sua vez no Google Chrome. A ideia é a seguinte: a pessoa faz o download do programa e ao usá-lo no dia a dia - sem fazer nada diferente - acumula pontos que podem ser trocados por produtos ou serviços.

É possível ganhar cartões-presentes da Amazon, Starbucks ou Groupon, apenas para citar algumas empresas. Se preferir, o usuário ainda pode trocar por milhas de companhias aéreas como American Airlines.

O negócio ainda está no começo e é preciso, portanto, esperar um pouco mais para descobrirmos se ele realmente será um sucesso. De público e como negócio em si. Chama a atenção, no entanto, a forma que os desenvolvedores do sistema de navegação encontraram para inovar - não necessariamente no produto, mas na forma de usá-lo.
Navegador baseado no Google Chrome recompensa usu