As ações da Samsung, maior fabricante mundial de celulares, levaram um tombo na bolsa de Seoul após o JPMorgan divulgar que há fraca demanda na Europa pela estrela da hora, Galaxy S4. A nova previsão é que sejam vendidos 20-30% a menos do que o projetado anteriormente. A expectativa é de serem vendidos 7-8 milhões por mês de S4s a partir de julho. No mês passado, a Samsung anunciou que tinha vendido 10 milhões de unidades nos primeiros 30 dias após o lançamento.

A moral dos investidores também foi abalada por analistas de investimentos de empresas sul coreanas, para os quais existe um consenso que a lucratividade do negócio de dispositivos móveis da Samsung irá diminuir porque a empresa está se deslocando para a produção de aparelhos mais baratos face a competição dos fabricantes chineses.

Resumo da ópera: "Sales of high-end handsets are lagging behind expectations, while low-to mid-end handsets are selling briskly worldwide," said Kim Young-chan from Shinhan Investment Corp.

BBC News - Samsung shares fall after JPMorgan cuts profit outlook