Resultados 1 a 3 de 3
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,004

    Norte e Nordeste lideram tentativas de fraudes no comércio eletrônico

    Embora lidere percentualmente o ranking de tentativas de fraude, o Norte representa apenas 4% de todas as vendas on-line dos últimos 12 meses. O Nordeste ficou com 15% das transações, o Centro-Oeste, com 7%, e o Sul com 13%. Já o Sudeste respondeu por 61% do comércio eletrônico do país em 2013.

    No estado do Rio, 3,42% das negociações foram na verdade tentativas de fraude, um pouco acima da taxa de toda a região Sudeste, que é de 3%. São Paulo ficou com 3,18%; Minas Gerais, com 2,13%; e Espírito Santo, com 2,04%. Norte e Nordeste aparecem como as duas áreas do país com mais tentativas de golpes no comércio on-line, com 5,2% e 5%. O Centro-Oeste registrou 3,4% e o Sul, 1,5%.

    O tipo mais comum de fraude é o uso indevido de dados e os itens mais procurados são produtos de informática, celulares, peças automotivas e passagens aéreas.

    Andrea Freitas

    ...

    Rafael Lourenço, diretor de Inteligência Estatística da ClearSale, que detém mais 70% do mercado de autenticação de vendas e tem como clientes as maiores varejistas do país, destaca que compras via Internet podem ser feitas por outra pessoa que não o dono do cartão de crédito. Até que a fraude seja identificada pelo titular, o produto já chegou até o fraudador. Para ele, não há prejuízo porque recebe o dinheiro de volta. Já o varejista fica com a perda, porque, como a compra é feita à distância, sem assinatura ou senha, o risco é assumido por quem vende.

    Sistema de avaliação

    Lourenço explica que todas as vendas feitas por seus clientes são submetidas a um sistema que avalia elementos como o montante, o item e o local da entrega. Com base em informações como essas, estima-se por meio de um sistema automático a propensão de fraude. Outras negociações passam por validação manual, com os dados do cliente sendo verificados por uma pessoa.

    - Empresas que vendem apenas celular têm até 40% de suas vendas submetidas à validação de um call center. Já grandes varejistas apenas de 10% a 15% das transações são passadas para validação. As demais são aprovadas automaticamente. De 85% a 90% das transações são aprovadas automaticamente.

    Lourenço diz que o índice de fraudes por estado é formado com base em quantos cliques são entendidos como tentativas de fraude:

    - Agrupamos as transações por estado de entrega e vemos quantas tentativas de compra foram tentativas de fraude, quantas transações impedidas.

    Para validar uma compra, a ClearSale recorre também a informações armazenadas em seu próprio banco de dados.

    - Usamos não apenas os dados fornecidos para a compra que está sendo avaliada, mas também dados de compras anteriores. No caso de validação manual, o analista pode ligar tanto para o fraudador quanto para o verdadeiro dono do cartão, com base em informações registradas no seu históricos - diz Lourenço.

    Motivos de bloqueio

    O executivo admite que nesse processo de validação pode haver um bloqueio incorreto, mas afirma que é difícil que isso ocorra. Quando o consumidor tiver certeza de que não há motivo para que sua compra seja bloqueada, orienta, ele deve entrar em contato com o SAC da empresa e perguntar qual é a origem do bloqueio.

    - Um bloqueio pode ocorrer por dois motivos, suspeita de fraude, pela ClearSale, por exemplo, ou pelo próprio cartão de crédito, por falta de limite. Bancos e emissores de cartão também têm mecanismos para evitar fraude.

    O perfil mais suspeito de bloqueio, de acordo com Lourenço, é da pessoa que compra pela primeira vez para entrar em região de risco.

    - Sabemos que há um mercado negro de dados que vêm de diferentes fontes, da Internet e até de CDs vendidos com em camelôs. No varejo, há quem tire foto de frente e verso do cartão do consumidor para tentar fraudar ou quando uma compra feita por telefone e o consumidor passa seus dados.
    URL: Rio registrou a maior taxa de tentativas de fraudes no com

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,004

    Ceará lidera ranking de fraudes online



    O Estado do Ceará apresentou a maior incidência em tentativas de fraude no comércio eletrônico em todo o Nordeste, de acordo com pesquisa realizada pela ClearSale, empresa especializada na detecção de fraudes do comércio eletrônico brasileiro.

    O estudo, intitulado “Tentativas de fraude e volume de compras no comércio eletrônico brasileiro em 2013″, aponta que de todo o valor transacionado ano passado no Estado, o índice de tentativas de fraude atingiu 6,56%.

    Em contrapartida, Sergipe, com população aproximada de dois milhões e 75 municípios, teve o menor número da Região, com 3,38%. Com números próximos, Pernambuco terminou o ano com 3,55%; seguido por Alagoas, com 3,64%; Piauí, com 3,72%; Rio Grande do Norte, com 4,16%; e Paraíba, com 4,28%. Bahia e Maranhão, estados com 15 e 6,7 milhões de habitantes, tiveram 6,14% e 5,47%, respectivamente.
    Cear

  3. #3
    Web Hosting Master
    Data de Ingresso
    Apr 2012
    Posts
    667
    chargeback é considerado fraude nessa conta também?

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •