Alibaba, avaliada em US$ 245 bilhões e com oferta inicial de ações prevista em US$ 15 bilhões, é a próxima candidata. Mais uma empresa da China comunista no topo da lista capitalista.