Resultados 1 a 6 de 6
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,043

    [EN] How Amazon is an amazing company. As long as you don't work here.


  2. #2
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    É essa a parte da cultura trabalhista americana que sempre me incomodou. Você é tratado como um robô que tem que produzir em números impensáveis e se não atingir a meta (quase nunca atinge) é sumariamente demitido no dia seguinte e sem direitos. Isso não vale só pra Amazon...

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,043
    Cresci, eu fiquei surpreso e impressionado. Li várias outros depoimentos a partir dos links acima e parece que você está lendo sobre uma fabriqueta taylorista do terceiro-mundo. As sacanagens da Amazon com os empregados temporários são tantas que o Brasil fica parecendo o melhor lugar do mundo. Eu trabalhei em várias fábricas e nunca vi algo semelhante. O pior caso de crueldade com os funcionários, do meu conhecimento, era uma fábrica de lingerie no Rio, onde não parava engenheiro de produção, e certamente existem no país milhares e milhares de empresários exploradores e empregos ruins, mas o que foi relatado na Amazon e no Wal-Mart supera a pior expectativa.
    Última edição por 5ms; 07-05-2014 às 11:08.

  4. #4
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Eu já havia lido artigos semelhantes a estes nos anos anteriores (em especial na época quando a AWS me chamou prumas entrevistas de emprego que não deram em nada por eu não ter carteira de motorista), com relatos piores e mais detalhados. A escravidão deles é ainda pior nos depositos do Reino Unido, parece, com maior assédio moral do que os malvados americanos.

  5. #5
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,043
    Eu li 3 livros sobre a Amazon, 2 deles de autoria de ex-empregados. Sabia das mesquinharias e ganância do sujeito, ingratidão, etc. No livro mais recente (excelente, The Everything Store), escrito por um jornalista, o autor comenta sobre a exigência dos empregados utilizarem automóveis para irem ao trabalho porque a idéia da Amazon é estender o horário de trabalho do funcionário quando necessário sem ficar limitada ao periodo de circulação dos ônibus urbanos.

    Nos depoimentos sobre a Amazon, reclama-se que a parada para almoço/lanche não pode ser antecipada em sequer 1 segundo (literalmente) mas gasta-se pelo menos 15 minutos na fila da entrada do estacionamento da empresa, tempo não contabilizado, claro.

    Fiquei surpreso também com a Nordstrom, a mais famosa das lojas americanas no quesito excelencia de atendimento ao cliente, décadas antes da Amazon existir, que renumera os vendedores exclusivamente com comissão, mas exigia comparecimento 30 minutos antes da abertura e permanencia 30 minutos após o fechamento para limpeza, arrumação da mercadoria, etc. Trabalho escravo.
    Última edição por 5ms; 07-05-2014 às 14:34.

  6. #6
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Lá é normal. Não existe horário de trabalho. Não existe 20/40h semanais máximas...

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •