Resultados 1 a 5 de 5
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,983

    'O que tinha que ser roubado já foi', afirma filha de Ricardo Teixeira


    Joana Havelange, Diretora-Executiva do Comitê da Copa no Brasil (salário mensal acima de R$ 100 mil), é filha de Ricardo Teixeira, que comandou a candidatura do país a sede da Copa do Mundo, e neta de João Havelange, que presidiu a Fifa durante 24 anos.


    Ao reclamar de protestos, Joana Havelange, que é diretora-executiva do COL, fala em desvio e desperdício de dinheiro nas obras ligadas à Copa do Mundo

    Joana Havelange, de 37 anos, é filha de Ricardo Teixeira, que comandou a candidatura do país a sede da Copa do Mundo, neta de João Havelange, que presidiu a Fifa durante 24 anos, e ocupa o segundo principal cargo executivo do Comitê Organizador Local (COL) do torneio. Como diretora-executiva da entidade, teria uma remuneração mensal superior a 100.000 reais. Nesta terça-feira, ela usou sua conta no Instagram para criticar as manifestações que tentam pegar carona na Copa – e, ao tratar do assunto, parece admitir abertamente que houve desvio e desperdício de dinheiro nas obras ligadas à realização do evento. "Não vou torcer contra, até porque o que tinha que ser gasto, roubado, já foi. Se fosse para protestar, que tivesse sido feito antes", escreveu ela, um dia depois de ver a saída do ônibus da seleção do Rio de Janeiro, a caminho da concentração em Teresópolis, ser cercado por professores em greve.

    "Não apoio, não compartilho e não vestirei preto em dia nenhum de jogo do Mundial. Quero que a Copa aconteça da melhor forma", disse a diretora do COL. "Eu quero mais é que quem chegue de fora veja um Brasil que sabe receber, que sabe ser gentil. Quero que quem chegue queira voltar. Quero ver um Brasil lindo." A filha de Ricardo Teixeira afirmou também que seu protesto contra a Copa será feito nas eleições de outubro. "Destruir o que temos hoje não mudará o que será feito amanhã", ensinou ela. Joana Havelange perdeu poder e ficou com sua função quase esvaziada desde a renúncia do pai, que deixou o comando da CBF (e, por consequência, do COL), em 2012. Também nesta terça, o presidente-eleito da CBF, Marco Polo Del Nero, atual vice-presidente da entidade, usou o Twitter para reclamar dos manifestantes: "O professor reclama de seu salário. Acho que o educador deve ter o mesmo salário de uma autoridade pública. Mas o que a Copa tem a ver?"
    http://veja.abril.com.br/noticia/esp...ha-de-teixeira
    Última edição por 5ms; 27-05-2014 às 17:41.

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,983

    Ministro diz que 6 estádios da Copa terão internet da 'pior qualidade'

    Mônica Tavares (Email)
    Publicado: 27/05/14 - 13h19
    Atualizado: 27/05/14 - 14h07

    BRASÍLIA - A falta de acordo entre as operadoras de telecomunicações e os administradores dos estádios para instalação de equipamentos Wi-Fi, que poderiam melhorar as transmissões de banda larga móvel em seis estádios da Copa, foi o principal tema de discussão durante audiência pública no Senado, nesta terça-feira, com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Os senadores reclamaram que haverá problemas de qualidade e cobraram do ministro uma ação do governo. Mas para Paulo Bernardo, este é um assunto de natureza privada, não do poder público.

    Os estádios que não fecharam o acordo comercial com as empresas para o Wi-Fi, que reforça as transmissões do tráfego de dados, por exemplo fotos, de dentro das arenas, foram os de Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Recife, Fortaleza e Natal.

    - Seis estádios não aceitaram e por isso vai ficar um serviço de pior qualidade - admitiu o ministro.

    Paulo Bernardo disse que a obrigação assumida pelo governo, de garantir toda a transmissão de áudio e vídeo para os jogos, está concluída. Segundo ele, foi feita toda a rede, em todos os estádios, onde foram construídos dois circuitos que funcionam de forma independente, porque se um falhar, o outro pode fazer as transmissões. Este mesmo sistema já funcionou na Copa das confederações, disse o ministro. A expectativa é de que cerca de 500 milhões de pessoas assistam à abertura da Copa do Mundo e um bilhão ao encerramento.
    http://oglobo.globo.com/sociedade/te...idade-12617981

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,983

    Banheiros dos aeroportos do país são "fedorentos", diz presidente do TCU

    ESTELITA HASS CARAZZAI
    DE CURITIBA
    27/05/2014 14h24

    O presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), Augusto Nardes, afirmou nesta terça-feira (27) que os banheiros dos aeroportos brasileiros "continuam fedorentos" e que é preciso investir mais na infraestrutura de recepção ao turista para a Copa.

    "[Os aeroportos] vão receber a Copa e, cada vez que eu vou ao banheiro, fico com vergonha", disse Nardes. "Os nossos aeroportos continuam com banheiros fedorentos. Nos banheiros da Europa, é outra qualidade."

    Nardes, que recentemente disse que o Brasil vai "passar vergonha" no evento por obras inacabadas e falta de infraestrutura, fez os comentários num evento do TCU sobre governança pública, realizado em Curitiba.

    "O [banheiro do aeroporto] de Curitiba, ontem (26), deixou a desejar", completou.

    Para o ministro, é preciso que se fale sobre as deficiências no planejamento de obras no país "para que as coisas mudem".

    "A gente tem que ter coragem de dizer. Esse país é fantástico, estou torcendo para que ganhe a Copa, mas não posso deixar de fazer as críticas. Se a gente não falar as coisas, fica tudo do mesmo jeito."

    Nardes ressaltou que auditorias do TCU nas obras da Copa renderam uma economia de R$ 700 milhões, por meio da correção de orçamentos superfaturados, antes do início das obras.

    SUBSÍDIOS

    O presidente do TCU também criticou os benefícios fiscais do governo federal a determinados setores da economia que no ano passado, segundo os cálculos do tribunal, somaram R$ 203 bilhões.

    "Eu sou favorável que haja subsídio para determinados setores. Mas qual é o resultado? Está havendo distribuição de renda, geração de empregos? Nós temos que fazer essa avaliação."

    Nardes disse que o TCU irá se debruçar sobre o tema no decorrer deste ano, e verificar se os incentivos fiscais têm se revertido em renda e empregos, por setores beneficiados.
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2...e-do-tcu.shtml

  4. #4
    Aspirante a Evangelist
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Posts
    352
    É possível pagar o Itaquerão?

    Em 12 de junho, a Arena Corinthians vai receber 68 000 pessoas para a abertura da Copa do Mundo, uma festa para a torcida e também para o Corinthians

    São Paulo - No dia 12 de junho, a Arena Corinthians, conhecida como Itaquerão, vai receber 68 000 pessoas para a abertura da Copa do Mundo.

    Vai ser uma festa para a torcida e também para o Corinthians.

    Até agora, o estádio, que custou 1,2 bilhão de reais, foi um grande negócio para o clube - que não investiu um só centavo na sua construção.

    Mas a edição desta quinzena de EXAME mostra um futuro financeiro complicado para o clube.

    Do custo total, 420 milhões de reais são incentivos fiscais da prefeitura de São Paulo. O resto é dívida com o banco estatal Caixa Econômica Federal. A conta vai começar a chegar em 2015 - e será salgada.

    O Corinthians terá 14 anos para pagar 1,4 bilhão de reais, entre parcelas e juros.

    Para viabilizar o estádio, o clube montou um plano de negócios que parte de premissas distantes da realidade brasileira. Prevê, por exemplo, 120 milhões de reais com bilheteria - quando a receita anual do clube com ingressos nunca passou de 35 milhões de reais.

    O Milan, um dos dez clubes mais ricos do mundo, ganha 79 milhões de reais ao ano com seus jogos.

    O tamanho da fatura

    Quanto o clube terá de pagar, por ano, de parcelas e juros até a quitação dos 750 milhões de reais*

    Ano Valor (em milhões de reais)
    2015 | 59,1
    2016 | 101,3
    2017 | 101,3
    2018 | 101,3
    2019 | 101,3
    2020 | 101,3
    2021 | 101,3
    2022 | 101,3
    2023 | 101,3
    2024 | 101,3
    2025 | 101,3
    2026 | 101,3
    2027 | 101,3
    2028 | 84,4 |

    Custo total: 1,4 bilhão de reais
    *Considera pagamento pela tabela Price, com parcelas fixas e taxa de 117% do CDI para o novo empréstimo
    Fontes: Caixa Econômica Federal, Corinthians e Instituto Assaf
    http://exame.abril.com.br/negocios/n...ar-o-itaquerao

  5. #5
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,983

    Índios disparam flechas contra a polícia em confronto em Brasília

    AGUIRRE TALENTO
    FILIPE COUTINHO
    DE BRASÍLIA
    27/05/2014 17h34 - Atualizado às 18h47

    Índios que protestavam por demarcações de terra em frente ao Congresso entraram em confronto com a Polícia Militar do Distrito Federal ao se juntarem a manifestação contra a Copa na tarde desta terça-feira (27), em Brasília.

    A PM tentou dispersar com dezenas de bombas de gás os manifestantes que se aproximavam do Estádio Nacional Mané Garrincha, que abrigará partidas da Copa.

    Um grupo de índios, que estava à frente do ato, revidou jogando paus e pedras na polícia. Alguns dispararam flechas em direção aos cavalos utilizados pela PM. Os manifestantes se dispersaram, mas continuam próximos do estádio.

    Segundo a polícia, há 650 pessoas reunidas na manifestação. Os três grupos que formam o protesto –índios, grupo anti-Copa e pessoas do movimento sem teto– estimam um público de 2.000 pessoas na marcha.

    Os índios protestavam por mais demarcações de terra em frente ao Congresso –um grupo chegou a subir no teto do prédio. Eles se uniram à marcha contra a Copa, que queria chegar perto do local no estacionamento do Estádio Nacional onde está exposta a taça da Fifa.

    Para se protegerem de eventuais bombas lançadas pela polícia, os índios impediram a saída de cerca de dez veículos, que estão em uma via próxima à arena. Pessoas aguardam dentro dos carros.

    Os manifestantes também subiram e bateram em um veículo dos bombeiros. A PM continuou jogando bombas, que chegaram a atingir uma feira de artesanato instalada no local, que ainda tinha lojas abertas.

    Três pessoas foram presas na manifestação, segundo informação da polícia, que não deu detalhes sobre os motivos.

    Quando a manifestação começou a se aproximar do estádio, por volta das 17h30, foi suspensa a visitação da taça da Copa, que era mantida em uma tenda do lado de fora do estádio.

    A suspensão aconteceu para garantir a segurança do público, segundo a assessoria da Coca-Cola, que organiza o evento. O último tour da taça teria início às 20h. Não está confirmado se a visitação da taça será mantida nesta quarta (28).


    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2...brasilia.shtml

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •