Resultados 1 a 4 de 4
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,004

    Referências de Consumo para Servidores Xeon E3-1200 Sandy Bridge

    • Placa Mãe de Servidor S1200BTL
    • Processador Intel® Xeon® E3-1240 (4-Core @ 3.20GHz)
    • 16 GB de Memória RAM (populadas em 4 módulos Kingston de 4GB)
    • 02 Hard Disks Seagate® Barracuda® ST3500413AS
    • Fonte Nilko PFC Ativo 80+ de 500W
    Teste de consumo...

    Alertamos para o fato de que a carga de trabalho a qual o servidor é submetido é artificial, uma vez que seria raro um usuário demandar 100% de uso durante as 24 horas do dia. Entretanto, ilustra uma referência para cálculo do custo mensal com energia elétrica.

    A configuração de base demonstrou consumo em repouso de 68watts e, como consumo máximo alcançado (varredura de discos + uso de CPU), atingiu pico de 124watts.

    Atribuindo o custo de R$ 0,45 por KWH da Light (distribuidora aqui no Rio de Janeiro - valor comercial com impostos inclusos, em maio de 2011), teremos:


    Em regime 24/7: em 30 dias teremos R$ 40,18

    ,,,

    Referências de Consumo para Servidores de Virtualização
    Referências de Consumo para Servidores de Storage
    Referências de Consumo para Servidores Xeon 7400
    Referências de Consumo para Servidores Xeon 3400
    Referências de Consumo para Servidores Xeon 5500
    Referências de Consumo para Servidores Xeon 3300
    Referências de Consumo para Servidores Xeon 5400


    SINCO.net: Refer


  2. #2
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Essa é uma das poucas vantagens da Intel sobre a AMD, o consumo em idle e pico da Intel é menor que os da AMD de mesma comparação.

    Nos testes eles não adicionaram o fator de PUE no consumo de energia (a.k.a. custo do ar-condicionado). Baseado no PUE de 1.5, esse servidor consumiria no total R$ 60. Em PUE de 1.7, R$ 68.

    Para referência, aqui nos EUA o kWh industrial da distribuidora sai, sem impostos, entre US$ 0.06 (meio do nada) e US$ 0.12. Em Miami é US$ 0.088 (logo, pra mim, no datacenter, sai US$ 0.16/kWh + 7% de imposto). Não esqueça que há cobrança extra por picos de demanda (como no 95th % de banda).

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,004
    Na semana passada, o Uptime Institute divulgou o resultado de uma pesquisa entre 500 enterprise data centers e o PUE (Power Usage Effectiveness) médio foi de 1.8. Cerca de 18% dos que responderam a pesquisa não conheciam o PUE de seus data centers.

    Na pesquisa anterior do Uptime, o PUE médio tinha sido 2.5. Já o programa Energy Star do EPA relatou PUE médio de 1.91 em 2009 após análise de dados coletados em 100 data centers.

    Muitos discordam da importância e/ou do cálculo do PUE.

    A Microsoft recentemente mostrou que a coisa não é tão simples:

    ... Microsoft realized it was duplicating effort by using fans in both servers and air handlers in its data center environment. So it designed the latest version of its IT-PAC data center container module as a giant air handler, with airflow management that eliminated the need for fans in the servers.
    This strategy reduced overall energy usage, but altered the load distribution within the data center operation. This move had implications for PUE, which compares a facility’s total power usage to the amount of power used by the IT equipment, revealing how much is lost in distribution and conversion.

    “If you look at the PUE, the server power went down because I removed the fans,” said Bhandarkar. “And the infrastructure power went up. So if I calculate my PUE, it got worse. But if I look at the overall energy efficiency, of how much work I’m getting done for the total power consumed, I end up ahead.”
    Dessa forma, eu acho uma abordagem correta apenas divulgar o consumo estimado do servidor, como foi feito pela Sinco, sem tentar estimar o suposto consumo adicional de energia da instalação, porque 1) o custo marginal do acréscimo de apenas 1 servidor não é PUE x consumo servidor x tarifa; 2) os clientes não conhecem o PUE de suas instalações 3) os equipamentos de um integrador são usados nos mais diversos ambientes: escritórios comerciais, departamentos de projeto e engenharia em industrias, etc. Data centers é um caso especial.
    Última edição por 5ms; 18-05-2011 às 00:31.

  4. #4
    Moderador
    Data de Ingresso
    Oct 2010
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2,679
    Sim, concordo. Coloquei a observação acima apenas para detalhar que não é o único custo envolvido na equação de energia, quando se vende colocation. Senão, ia ter gente querendo pagar US$ 7 pelo amp quando na verdade ele custa US$ 15

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •