Resultados 1 a 6 de 6
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992

    Câmara aprova texto-base do projeto de ampliação do Super Simples

    O plenário da Câmara aprovou o texto-base do projeto de ampliação do programa Super Simples, contra a opinião da Receita Federal.

    O governo só conseguiu, nesse caso, uma alteração do texto original para transferir de 2016 para 2017 a vigência dos novos benefícios, com custo de R$ 11,43 bilhões pela estimativa da Receita. Mas a votação realçou de novo a fraqueza do Executivo. A aprovação foi garantida por 417 votos contra apenas 2. Foi uma vitória do ministro da Micro e da Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, e mais uma derrota do Ministro da Fazenda, Joaquim Levy. O projeto poderá cair no Senado, mas essa aposta é arriscada.
    http://opiniao.estadao.com.br/notici...eranca,1755470

  2. #2
    Web Hosting Guru
    Data de Ingresso
    Jul 2011
    Localização
    Redenção-Pará
    Posts
    332
    Toda vez que vou na Contabilidade meu contador queima o Simples. Isto e ilusão, olha a taxa, olha esta simulação.
    Segundo ele, para quem tem acima de 10 colaboradores não vale a pena.

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    14,992
    Primeiro, eu acredito no seu contador. É tal o emaranhado de leis, exclusões, multas, exceções, limites, revogações, pegadinhas, o escambau, que sem a orientação de um bom profissional o que parece uma boa opção é geralmente ouro de tolo.

    Dito isso, o curioso é que parte da resistência para elevar o limite, segundo li, é que em alguns estados, 100% das empresas poderiam ser enquadradas. No Brasil todo, 95%.

  4. #4
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Nov 2010
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    2,289
    Lembramos que o contador cobra menos por empresas no simples, então quanto mais fora do simples melhor para ele A maioria dos contadores que conheci (trabalhei em uma empresa de assessoria contábil que tinha mais de 200 contadores, e meus melhores amigos são contadores) são totalmente desconhecedores das leis, isenções etc. A maioria não entende de nada e faz o cliente pagar a mais, muitas vezes a menos e depois vem uma multa enorme do governo, dão desculpas estapafúrdias pros clientes que acabam acreditando e pagando sem reclamar. São RAROS os contadores que conhecem as leis, geralmente estes trabalham como auditores

  5. #5
    Aspirante a Evangelist
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Posts
    352
    Também, pra conhecer as leis fiscais, todas suas regras e minucias no Brasil nem se o Google alocar todo seu poder de computação pra isso. Muda tudo a toda hora!

  6. #6
    Web Hosting Guru
    Data de Ingresso
    Jul 2011
    Localização
    Redenção-Pará
    Posts
    332
    Citação Postado originalmente por tekobr Ver Post
    Lembramos que o contador cobra menos por empresas no simples, então quanto mais fora do simples melhor para ele A maioria dos contadores que conheci (trabalhei em uma empresa de assessoria contábil que tinha mais de 200 contadores, e meus melhores amigos são contadores) são totalmente desconhecedores das leis, isenções etc. A maioria não entende de nada e faz o cliente pagar a mais, muitas vezes a menos e depois vem uma multa enorme do governo, dão desculpas estapafúrdias pros clientes que acabam acreditando e pagando sem reclamar. São RAROS os contadores que conhecem as leis, geralmente estes trabalham como auditores
    Não são todos os escritórios que usam a mesma forma de cobrança. Aqui eles cobram de acordo com o faturamento, a empresa cresce, vem um acréscimo. rs

    Como ele alega a real vantagem para empresas acima de 10 trabalhadores, não dei a atenção ao assunto no momento, já que não temos esta quantidade de CLT assinada.
    Mas, chegando próximo irei analisar, calcular. Até por que, para mudar de categoria e apenas uma vez por ano, sempre no final do ano.

    Agora sobre desconhecerem sobre nosso ramo em totalidade e fato. Eles não sabiam da taxa de 40% que a Receita publicou normativa recentemente para compra/aluguel de servidores e etc fora do país. Apesar de já ser obrigatório há anos, a Receita deixou claro, sem brechas recentemente.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •