Resultados 1 a 7 de 7

Tópico: Crise sem fim

  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002

    Crise sem fim

    • Emprego industrial registrou em julho a 46.ª queda mensal consecutiva
    • Projeções apontam redução real (descontada inflação) de 7% da renda do setor de serviços em 2015



    ...

    A redução do emprego industrial ocorrida em julho, de 6,4% na comparação com julho de 2014, foi a segunda mais intensa aferida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em sua Pesquisa Industrial Mensal – Emprego e Salário (Pimes), superada apenas pela redução de 6,7% observada em julho de 2009, quando a crise internacional atingiu fortemente a economia brasileira. O emprego industrial está no menor nível da série iniciada em 2000 pelo IBGE. Praticamente nenhum segmento foi poupado (de 18 setores pesquisados, 17 relataram redução do número de empregados em julho). No acumulado de janeiro a julho deste ano, o total de trabalhadores empregados na indústria encolheu 5,4%; no acumulado de 12 meses até julho, 4,9%.

    Em julho, o valor real da folha de pagamento, isto é, descontada a inflação, foi 7% menor do que o de um ano antes. Na comparação com o mês anterior, o encolhimento foi de 1,8%. No ano, a queda é de 6,3%.

    Outros setores da economia igualmente cortam despesas e demitem empregados. Por causa do agravamento da crise, que o governo não consegue enfrentar, também está encolhendo o setor de serviços, que é o maior empregador do País. Em sua Pesquisa Mensal de Serviços, o IBGE constatou aumento de 2,1% da receita bruta nominal de serviços em julho, na comparação com julho de 2014. É, obviamente, um resultado muito ruim se cotejado com a inflação de 12 meses até julho (de 6,5% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), pois mostra a persistência da redução real da receita. As projeções mais recentes de economistas do setor privado são de redução real de 7% da renda do setor de serviços em 2015, por causa da queda do emprego, dos salários e da oferta de crédito.

    ...
    http://www.estadao.com.br/noticias/g...im,10000000046

  2. #2
    Web Hosting Master
    Data de Ingresso
    Aug 2011
    Localização
    /home
    Posts
    896
    Segundo um professor de Administração Pública na universidade que estudo, não existe crise no Brasil.

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002
    A crise é externa Na Brasilbras jamais existe crise.

  4. #4
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Nov 2010
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    2,291
    Não existe crise no Brasil, tem um monte de gente pagando 50 mil reais em um carro "popular" 1.0... Crise assim?!

  5. #5
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002
    Citação Postado originalmente por tekobr Ver Post
    Não existe crise no Brasil, tem um monte de gente pagando 50 mil reais em um carro "popular" 1.0... Crise assim?!
    No Rock in Rio, não está R$ 10 o copo plastico de 300ml de cerveja quente?

    Mas hoje eu fui ao supermercado, lotado, e alguns preços tinham desabado. Inexplicavelmente para domingo, um calor de matar, dia 20. Esse pessoal deve saber de algum terremoto ou furacão que vem por aí.

  6. #6
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,002
    Quanto custa comer e beber no Rock in Rio 2015


    Bebidas (valor tabelado)
    Água - R$5
    Refrigerante - R$7
    Ice Tea - R$7
    H2O - R$8
    Gatorade - R$8
    Chopp - R$10
    Energético - R$10

  7. #7

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •