Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 14
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    PT e CUT convocam militantes para ‘denunciar golpe’

    por Eduardo Barretto / Renato Onofre / Isabel Braga / Andrea Freitas
    04/03/2016

    O PT e a CUT articulam uma grande mobilização para tentar conter o impacto da nova fase da Operação Lava-Jato que investiga o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente do partido, Rui Falcão, convocou a militância para entrar em estado de vigília.

    Os dirigentes, parlamentares, prefeitos e governadores aliados receberam uma mensagem nas primeiras horas da manhã como orientações do que fazer em cada cidade. A ordem é denunciar um “golpe” e uma “articulação da mídia” para destruir “Lula, o PT e o governo da presidente Dilma Rousseff”. Em vídeo, Rui Falcão chamou a operação de “policialesca” e “midiática”.

    — Trata-se de um espetáculo político que deixa claro qual é o verdadeiro viés dessa operação. A luta continua, companheiros — afirmou Rui Falcão.

    Pelo Whatsapp, os dirigentes petistas receberam o alerta:

    “Atenção companheiros: 1. Convocar reunião dos Diretórios Regionais de todos os Estados com parlamentares e Prefeitos; 2. Convocar coletivas em todos os estados para as 15hs, 3. É muito importante as ações serem planejadas e que repercutam nacionalmente; 3. Pauta: Denunciar o golpe; denunciar a articulação da mídia, MP e Oposição, tudo feito para turbinar o dia 13; 4. Convocar mobilização permanente até o dia 31 de março; 5. Chamar os partidos da FBP para reunião amanhã cedo!”

    Falcão alterou a foto do perfil colocando a imagem de Lula e convocou os militantes para fazer o mesmo. Ele pediu que todos os petistas entrem em vigília.

    — Nós estamos fazendo uma conclamação à militância — chamou Falcão — Todos os diretórios nesse momento, todos os estados, entrem em vigília — pediu.

    O presidente petista diz que a força tarefa da Lava-Jato não está combatendo a corrupção e sim o PT:

    — Não se trata de combater a corrupção, mas simplesmente de atingir o ex-presidente Lula, o PT e o governo da presidente Dilma Rousseff — declarou o presidente da sigla.

    A CUT também entrou em estado de alerta. Em nota encaminhada aos associados, a entidade diz que o “maior líder popular da história do Brasil foi constrangido a depor coercitivamente pela Polícia Federal, mesmo não tendo uma única prova de que cometeu qualquer ato ilícito”.

    “É o golpe que vem sendo construído pela direita há meses, sendo colocado em prática com a parceria dos grandes meios de comunicação do país, de parte da PF, do Ministério Público e da oposição ao projeto de governo democrático e popular que Lula implantou no Brasil em 2003”, afirma a nota.

    Eles pedem às CUTs Estaduais e sindicatos para construir a unidade em defesa do ex-presidente Lula com todos os “movimentos democráticos”.

    “É importante ter em mente que: 1) temos de organizar a luta; 2) fazer a vigília; 3) ação permanente será comunicada durante o dia de hoje”.

    A CUT informou que vai encaminhar novas orientações durante o dia.

    Um grupo de parlamentares do PC do B acompanha, na sala ao lado onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva presta depoimento no aeroporto de Congonhas. Entre eles está a deputada Jandira Feghali (RJ), que avisa que haverá reação política para denunciar o que considera um "golpe de novo tipo" no país e que o povo irá às ruas para fazer frente a isso.

    — O povo vai para as ruas. Tem um estado de exceção em curso. Precisamos enfrentar juridicamente e politicamente, não podemos ficar calado. É um golpe de novo tipo, não são os militares, mas parte do Judiciário, alguns procuradores, agentes da Polícia e parte da mídia, mas o comando é do Judiciário. O problema maior é o que parte do judiciário está fazendo — criticou Jandira, acrescentando:

    — Vamos ter que reagir politicamente, não tem conversa. Tem que ter comoção nacional.

    Segundo a deputada, Lula está depondo numa sala e os parlamentares do PC do B estão em uma sala ao lado. Eles estão em São Paulo porque fariam uma reunião do partido e hoje de manhã, um dos deputados foi avisado por advogados de Lula que o depoimento estava ocorrendo em Congonhas. Foram todos para lá. São quatro deputados e a senadora Vanessa Grazziotin (AM). Jandira disse que, segundo os advogados, Lula está tranquilo e respondendo às questões. O deputado Paulo Teixeira (PT-SP), segundo ela, acompanha o depoimento como advogado.

    — É uma ilegalidade travestida de legalidade. O Moro ( juiz Sérgio Moro) quer comandar o Brasil, quer acuar todo mundo. A questão de onde Lula vai depor está sub judice com a ministra Rosa Weber. Ele representou no Supremo para a tomada de decisão. Ele não está sendo investigado na Lava-Jato. Enquanto a Rosa Weber não decide, o Moro vai e pede a condução coercitiva? Autorizado por quem do Supremo? É o novo golpe moderno. Absurdo, inaceitável — acrescentou a deputada do PC do B.
    http://oglobo.globo.com/brasil/pt-**...golpe-18804243

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    Íntegra do despacho de Sérgio Moro


  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051
    NOTA OFICIAL DA PRESIDÊNCIA NACIONAL DO PT

    A condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva representa um ataque à democracia e à Constituição.

    Trata-se de novo e indigno capítulo na escalada golpista que busca desestabilizar o governo da presidente Dilma Rousseff, criminalizar o Partido dos Trabalhadores e combater o principal líder do povo brasileiro.

    Setores do aparato policial e judicial do Estado, mancomunados com grupos de comunicação e a oposição de direita, são o centro dirigente de uma operação destinada a subverter o resultado das urnas.

    O festival de investigações seletivas, vazamentos ilegais e atropelos de garantias individuais evidencia que a nação está sendo sangrada pela construção de um regime de exceção e arbítrio, sob o comando de forças conservadoras cujo único objetivo é voltar ao governo a qualquer custo.

    Estes mesmos grupos reacionários, no passado, recorriam aos quartéis. Agora aliciam inimigos da democracia nos tribunais, no Ministério Público e na Polícia Federal, estimulados e protegidos pela imprensa monopolista.

    O ex-presidente Lula é o alvo maior de quem não aceita o processo de transformação iniciado em 2003, marcado pela mudança de vida e o crescente protagonismo dos trabalhadores da cidade e do campo.

    O Partido dos Trabalhadores, nesse momento de afronta ao sistema democrático e à soberania popular, reafirma a mobilização permanente da militância. Os petistas estão chamados a defender, ao lado de nossos aliados, nas ruas e nas instituições, as regras constitucionais e a inocência do ex-presidente Lula.

    Que não se iludam os pescadores das águas turvas do golpismo: o povo brasileiro, do qual o ex-chefe de Estado é seu filho mais ilustre, saberá resistir e derrotar as forças do ódio e do retrocesso.


    Rui Falcão
    Presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores
    http://g1.globo.com/politica/operaca...emocracia.html

  4. #4
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    ‘Eu me senti prisioneiro hoje’, desabafa Lula

    Após ser obrigado a depor, Lula ataca a imprensa e a Justiça e afirma que merece respeito


    Por Julia Affonso

    04/03/2016

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, alvo da Operação Aletheia, ápice da Lava Jato, afirmou que se sentiu ‘prisioneiro hoje’. Na manhã desta sexta-feira, 4, o petista foi conduzido coercitivamente – quando o investigado é levado para depor e liberado – pela Polícia Federal. Lula prestou depoimento por mais de três horas em uma sala no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

    “A minha indignação é pelo fato de 6 horas da manhã terem chegado na minha casa, vários delegados, aliás, muito gentis, não sei se são sempre assim, mas muito gentis, pedindo desculpas, que estavam cumprindo uma decisão judicial e a decisão era do juiz Moro”, declarou Lula em entrevista coletiva na sede do PT.

    No discurso, o ex-presidente criticou a imprensa pelo que considera um “espetáculo midiático” e disse que “hoje quem condena as pessoas são as manchetes”.

    “Eu me senti ultrajado, como se fosse prisioneiro, apesar do tratamento cortês do delegado da polícia federal. Se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça, bateram no rabo. A jararaca tá viva, como sempre esteve”, afirmou.

    Lula disse que o juiz Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato, poderia te-lo intimado. “Poderia ter mandado um comunicado. ‘ô seu Luiz Inácio, quer prestar depoimento em Curitiba?’ Eu gosto de Curitiba, eu poderia ir lá em Curitiba. Assim me facilitava, não precisava pagar uma passagem para ir a Curitiba. Poderia me convidar em Brasília. Eu ia”, disse.

    “Eu me senti prisioneiro hoje. Eu, sinceramente, já passei por muita coisa na minha vida, não sou homem de guardar ressentimento, guardar mágoa, mas não pode continuar assim.”

    Para a Procuradoria, ‘há evidências de que o ex-presidente Lula recebeu valores oriundos do esquema Petrobrás por meio da destinação e reforma de um apartamento tríplex e de um sítio em Atibaia, da entrega de móveis de luxo nos dois imóveis e da armazenagem de bens por transportadora. Também são apurados pagamentos ao ex-presidente, feitos por empresas investigadas na Lava Jato, a título de supostas doações e palestras.

    “Eu acho que eu merecia um pouco mais de respeito neste País.”
    http://politica.estadao.com.br/blogs...desabafa-lula/

  5. #5
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    Alto Comando das Forças Armadas preocupado com confrontos

    Há um temor de que, ao longo do dia, os ânimos sejam acirrados e a tranquilidade de grandes cidades seja abalada.

    "Não podemos transformar o Brasil em um país do nós contra eles"

    Tânia Monteiro - O Estado de S. Paulo
    04 Março 2016

    Os primeiros sinais de confronto entre militâncias pró e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principalmente em São Paulo, deixou a cúpula militar "muito preocupada". Integrantes do Alto Comando das Forças Armadas consultados pelo Estadão defenderam que "as pessoas que têm responsabilidade de mobilização têm de exercê-la, no sentido de manter o País nos rumos do limite da normalidade social".

    As afirmações são feitas pela preocupação com a incitação que poderá ocorrer pelas mídias sociais, por líderes petistas ou não petistas, incentivando confrontos ou violência por causa da nova fase da Operação da Polícia Federal, que fez buscas na casa de Lula, seus filhos e no Instituto Lula, e levou o ex-presidente para depor à PF.

    Há um temor de que, ao longo do dia, os ânimos sejam acirrados e a tranquilidade de grandes cidades seja abalada. Por isso mesmo, os militares dizem que esperam, ainda, que os governadores dos Estados estejam preparados e prontos para impedir que ocorram atos de violência. "Nos preocupa muito que haja radicalismos e esperamos que não submetam a população ao enfrentamento em clima de radicalismo e truculência, que só vão gerar violência e não vão construir ou encontrar solução", comentou um oficial-general do Alto Comando das Forças Armadas.

    A palavra de ordem para os militares é "legalidade" e "pacificação", além de acompanhamento da situação nos mais diversos pontos do País. A maior preocupação é que, em confronto dessa natureza, todos sabem como começa, mas não se sabe como termina. "As pessoas de responsabilidade têm de ter consciência de que este é um fato judicial", disse um oficial-general. "Nós não podemos transformar o Brasil em um País de nós contra eles, por conta de um processo que sempre vai deixar para as pessoas a possibilidade de se defenderem e saírem incólumes, defendidas, se este for o caso", prosseguiu o militar.

    Um outro oficial-general ressaltou que é muito importante para a "manutenção da estabilidade e da paz social" que as lideranças partidárias, sindicais e de todos os segmentos não alimentem o confronto entre as pessoas.
    http://politica.estadao.com.br/notic...la,10000019523

  6. #6
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    Instituto Lula foi “esvaziado”

    Gavetas e armários estavam praticamente vazios. Procuradores da Lava Jato apuram vazamento da operação, o que pode ter prejudicado as investigações

    Por Andreza Matais
    04/03/2016


    Ao cumprir os mandados de busca e apreensão na sede do Instituto Lula, em São Paulo, a Polícia Federal e a Receita Federal encontraram indícios de que o local pode ter sido esvaziado. Gavetas e armários estavam praticamente vazios e não foram localizados, por exemplo, agendas, documentos impressos ou mesmo papéis com anotações, que geralmente fazem parte do dia a dia de uma empresa.

    O material mais farto estava nos computadores. A expectativa é de que, se houve remoção de documentos, eles possam ser encontrados nos demais locais alvos de buscas nesta 24a fase da Operação Lava Jato, entre eles endereços de familiares do petista.

    Nesta sexta-feira, procuradores da Lava Jato afirmaram que houve vazamento da operação, o que está sendo investigado.

    Todo material apreendido na operação será levado para o escritório de Inteligência da Receita Federal em São Paulo, quando será feita a análise das informações. O Instituto Lula, fundado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é presidido pelo petista Paulo Okamotto. Os dois foram alvos de mandados de condução coercitiva, prestaram depoimento e já foram liberados. Lula é suspeito de ter recebido vantagens indevidas de empreiteiras investigadas na Lava Jato por corrupção por meio do instituto.

    http://politica.estadao.com.br/blogs...foi-esvaziado/

  7. #7
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051
    17:35 Forte panelaço e buzinaço aqui. Mais alguém?

    Qual o motivo?

  8. #8
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    Presidente Dilma faz pronunciamento sobre ação da PF contra Lula

    • 17h44 Coletiva de Dilma: Dilma afirmou que jamais conversou com Delcídio do Amaral (PT-MS) a respeito de uma suposta intervenção junto ao STJ para libertar presos na Lava Jato. "Aliás, do ponto de vista institucional, não teria nenhuma razão para pedir para um senador para falar com um juiz (...). É absolutamente subjetiva e insidiosa a fala do senador, se ela foi feita."
    • 17h40 Coletiva de Dilma: Dilma também manifestou "indignação" com a "hipotética delação premiada" realizada pelo senador Delcídio Amaral (PT-MS)
    • 17h37 Coletiva de Dilma: "O respeito aos direitos individuais passa pela adoção de justas, que não impliquem medidas mais fortes, mais gravosas, do que aquelas necessárias para os esclarecimentos dos fatos", disse ela, ao condenar a ação dos investigadores em relação a Lula nesta sexta-feira.

      http://aovivo.folha.uol.com.br/2016/...1-aovivo.shtml

  9. #9
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    CUT pede vigília de sindicatos e movimentos sociais "contra o golpe"

    O Valor apurou que a maioria das centrais sindicais tende a não endossar a mobilização por entender que o ex-presidente precisa se explicar.


    04/03/2016

    A Central Única dos Trabalhadores (CUT), ligada ao PT, enviou nesta sexta-feira comunicado a todos os seus sindicatos para que se reúnam e fiquem em estado de vigília em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e “contra o golpe”. Lula é um dos alvos da 24ª fase da Operação Lava-Jato.

    “O maior líder popular da história do Brasil foi constrangido a depor coercitivamente pela Polícia Federal, mesmo não tendo uma única prova de que cometeu qualquer ato ilícito”, afirmou a CUT em nota.

    A entidade diz ainda que o ex-presidente tem endereço fixo, se prontificou a dar todas as informações solicitadas e a “única denúncia contra ele é a suposta delação feita pelo senador Delcídio Amaral” — embora o Ministério Público Federal tenha solicitado o depoimento por supostos favorecimentos a Lula na reforma de um sítio e um apartamento.

    Para a CUT, o mandado para Lula prestar depoimento é um “golpe que vem sendo construído pela direita há meses, sendo colocado em prática com a parceria dos grandes meios de comunicação do país, de parte da PF, do Ministério Público e da oposição ao projeto de governo democrático e popular que Lula implantou no Brasil em 2003”.

    A primeira orientação para as CUTs estaduais e sindicatos é construir a unidade em defesa do presidente Lula com todos os movimentos democráticos.

    O Valor apurou, porém, que a maioria das centrais sindicais tende a não endossar a mobilização por entender que o ex-presidente precisa se explicar. A central afirma ainda que dará mais orientações para seus filiados ao longo do dia.
    http://www.valor.com.br/politica/446...contra-o-golpe

  10. #10
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,051

    Eurasia: risco de Dilma não completar mandato supera 50%

    04/03/2016

    A consultoria de risco político Eurasia Group aponta pela primeira vez, em relatório distribuído a clientes, como “provável” a queda da presidente Dilma Rousseff. Até agora, os analistas da Eurasia vinham estimando em 40% o risco de Dilma não completar seu mandato. O cenário mudou com a nova etapa da Operação Lava-Jato.

    De acordo com a análise, a ação da Polícia Federal e do Ministério Público não apenas sugere que foram encontradas evidências mais fortes contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas indica que “o tamanho e o escopo das investigações devem se aprofundar nos próximos meses”.

    No curtíssimo prazo, segundo a Eurasia, espera-se um ambiente “altamente polarizado”, com militantes petistas e movimentos sociais saindo em defesa mais explícita de Lula. De outro lado, os últimos desdobramentos da Lava-Jato reforçam as chances de manifestações oposicionistas, no dia 13, maiores do que o inicialmente imaginado. A consultoria lembra que o Congresso Nacional é “muito sensível” às mobilizações de rua e isso coloca Dilma em uma posição mais complicada.

    A Eurasia diz estar em processo de “revisar cenários e probabilidades” atreladas a eles. “Mas chamamos a atenção para o fato de que a forma como Rousseff cair será criticamente importante para os mercados financeiros e a habilidade do [eventual futuro] governo avançar nas reformas fiscais”.

    Caso o vice-presidente Michel Temer assuma depois de um processo de impeachment, essa capacidade seria baixa, acredita a consultoria. Isso porque o PMDB continua vulnerável às investigações da Lava-Jato, mas ele teria que enfrentar um ambiente muito polarizado e sob constante ataque da esquerda organizada, incluindo o PT.

    O melhor cenário, conclui a Eurasia, seria uma saída da crise pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Só assim um novo presidente, com um novo mandato, reuniria condições políticas de levar a cabo reformas importantes e sem estar pendente de investigações.

    A consultoria finaliza o relatório dizendo que a “probabilidade combinada” de Temer concluir o mandato de Dilma, em seguida a um processo de impeachment, ou de o TSE convocar novas eleições subiu agora para mais de 50%.
    http://www.valor.com.br/politica/446...lma-e-provavel

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •