Resultados 1 a 3 de 3
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,042

    Pezão nomeia filha de Fux desembargadora no quinto

    Luciana Nunes Leal - O Estado de S. Paulo
    08 Março 2016

    A advogada Marianna Fux, de 34 anos, filha do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, foi nomeada desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), nesta terça-feira, 8. Ela ocupará uma vaga no chamado quinto constitucional, reservado a advogados e integrantes do Ministério Público.

    Marianna estava entre os nomes da lista sêxtupla enviada ao TJ pela Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ). A candidatura provocou grande discussão entre os conselheiros da OAB e, em setembro de 2014, um grupo chegou a pedir impugnação da candidatura, por falta de documentos.

    No dia 25 de fevereiro deste ano, a maioria do conselho aprovou a permanência de Marianna na disputa e a advogada ficou entre os seis mais votados. Em seguida, o TJ escolheu três finalistas e o governador optou por Marianna, que teve 125 entre 180 votos e foi a primeira colocada. A nomeação foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira.

    O fato de a filha de um dos onze ministros da mais alta corte do País estar entre os candidatos a desembargador gerou constrangimento entre os conselheiros da OAB. Muitos se sentiram desconfortáveis em rejeitar o nome da advogada, já que a votação foi aberta.

    Em abril de 2014, antes de Marianna formalizar a candidatura, o advogado Sérgio Bermudes organizou uma festa para comemorar os 60 anos do ministro e convidou os 180 desembargadores do Rio. A festa acabou cancelada. Magistrados e advogados interpretaram a comemoração como a largada da campanha de Fux pela escolha de Marianna, que até agora trabalhava no escritório de Bermudes. O advogado negou qualquer vínculo da festa com a candidatura de Marianna e disse que apenas queria homenagear Fux, de quem é amigo há 40 anos.

    Ao ser escolhida para a lista sêxtupla da OAB, Marianna queixou-se de "perseguição política" durante a disputa. "Mostrei que eu era capaz de concorrer", afirmou. A advogada foi procurada pelo Estado nesta terça-feira, por telefone, mas a informação é de que está em reunião, sem hora para terminar.

    Fux foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff em fevereiro de 2011, com apoio do então governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), aliado da presidente. No mesmo dia em que a filha entrou na lista da OAB, Fux autorizou abertura de inquérito no STF para investigar o secretário de Coordenação de Governo do município do Rio, Pedro Paulo Carvalho Teixeira, por lesão corporal.

    Pré-candidato a prefeito, Pedro Paulo tem foro privilegiado por ser deputado, mesmo licenciado. A ex-mulher do secretário, Alexandra Marcondes, registrou queixa na polícia, em fevereiro de 2010, e disse ter sido agredida por Pedro Paulo durante uma briga do casal, depois de ela descobrir que tinha sido traída. Em agosto do mesmo ano, Alexandra fez outro registro e disse que Pedro Paulo a perseguia e havia ameaçado "sumir" com a filha do casal. A primeira queixa de agressão foi feita em São Paulo, em dezembro de 2008.

    No mês passado, Alexandra apresentou nova versão ao Ministério Público, incluída na defesa de Pedro Paulo. Disse que "partiu para cima" do marido quando descobriu a traição e que houve agressões mútuas. Apesar do desgaste de Pedro Paulo com o episódio, o PMDB-RJ garantiu a candidatura do secretário à sucessão do prefeito Eduardo Paes.
    http://politica.estadao.com.br/notic...ra,10000020105

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,042

    Ascensão meteórica


    Cargo vitalicio, salário de 25 mil,
    carro oficial com motorista.


    Marianna teria atuado em apenas seis processos no Rio, sendo um sobre extravio de bagagem.

    Um dos itens do regulamento para concorrer à vaga de desembargador prevê que o candidato comprove dez anos ininterruptos de exercício da advocacia. Mas o pedido de impugnação de sua candidatura foi derrubado na sessão da Ordem, em 25 de fevereiro passado.

    26/07/2014

    O rolo compressor para eleger a filha de Luiz Fux, uma advogada de 33 anos, como desembargadora na Justiça do Rio de Janeiro ganhou novos lances nas últimas semanas.

    Pelas regras da OAB, é preciso que os postulantes ao cargo apresentem pelo menos cinco petições por ano durante uma década de advocacia. Inicialmente, o escritório onde Marianna Fux trabalha enviou uma breve declaração atestando a sua atuação no período. O documento foi rejeitado.

    A advogada, então, reuniu todas as suas petições para apresentá-las. A exigência mínima, no entanto, não foi alcançada em 2007, 2008, 2009, 2010 e 2014. Ainda assim, a candidatura foi homologada e, no próximo dia 4, a OAB enviará seis nomes ao tribunal.

    A votação na Justiça será aberta pela primeira vez na história, o que aumenta a pressão sobre os magistrados que decidirão o futuro da filha de um ministro do STF.

    Com as articulações de Fux e de Hercílio Binato, marido de Marianna e ex-conselheiro da OAB, a advogada é favorita.
    http://veja.abril.com.br/blog/radar-...io-de-janeiro/
    Última edição por 5ms; 08-03-2016 às 19:05.

  3. #3
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    15,042

    As frotas de veículos que servem o STF brasileiro e a Suprema Corte dos EUA

    Nos EUA, apenas um magistrado, em todo o país, tem direito a carro oficial: o presidente da Suprema Corte.

    O Brasil é mais liberal. Agora, em meio à crise que assola a nação, fica-se sabendo que o STF está comprando quatro automóveis Azera, da Hyundai, a R$ 155 mil cada. O tribunal já tem oito Azera.

    Cada um dos 11 ministros, portanto, terá seu carro oficial Azera, e um fica na sobra.

    Sabem como é: de repente um dos carros precisa ir para a revisão e o ministro não pode ficar a pé...

    Os ministros estadunidenses podem ter carros bem mais luxuosos: se quiserem, um Rolls-Royce, um Bugatti, um Mercedes, um Cadillac, estarão à sua disposição.

    Basta que o comprem com seu próprio dinheiro e ninguém tem nada com isso.

    http://www.espacovital.com.br/public...-corte-dos-eua

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •