Resultados 1 a 4 de 4
  1. #1
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    17,190

    Baguete: Falha em data center da IBM em Hortolândia atingiu clientes de nuvem privada

    Fontes de mercado ouvidas pelo Baguete apontaram que a falha atingiu clientes com aplicações rodando em nuvem privada da IBM, incluindo algumas grandes organizações, e, em pelo menos um caso, por oito horas.


    Maurício Renner
    05/01/2017

    A reportagem do Baguete teve acesso a um e-mail enviado pela multinacional aos clientes, no qual a IBM informava que o centro estava indisponível e que o incidente poderia ter sido causado por uma “interrupção parcial de energia elétrica no data center”.

    Questionada sobre o assunto pela reportagem do Baguete, a IBM enviou uma nota dizendo que não pode “comentar qualquer assunto relacionado à prestação de serviços” devido às “obrigações de confidencialidade estabelecidas em contrato”.

    O comunicado aos clientes ao qual o Baguete teve acesso encerrava com uma formulação similar, alertando os clientes que o comunicado era considerado confidencial pelos termos do contrato. O texto é assinado por Roberta Hall, diretora de Client Management e Sérgio da Motta, diretor de IS Delivery.

    Algum comentarista com uma inclinação mais cínica poderia pensar que além da confidencialidade dos contratos, a IBM está preocupada com a imagem dos serviços prestados pelo data center de Hortolândia, vendido pela companhia como um centro de dados top de linha no país.

    Fontes de mercado ouvidas pelo Baguete apontaram que a falha atingiu clientes com aplicações rodando em nuvem privada da IBM, incluindo algumas grandes organizações, e, em pelo menos um caso, por oito horas.

    A reportagem do Baguete pressionou a IBM por mais detalhes sobre a falha, alegando que poderiam ser prestadas informações gerais, sem dizer respeito a clientes específicos, mas a multinacional americana preferiu se ater ao seu comunicado original.

    Essa não é a primeira falha de um data center de uma grande multinacional de TI no país.

    Em 2013 a Amazon ficou fora do ar por um período similar. A diferença é que se tratava de um serviço de cloud público, com o status informado por meio de painéis.

    Na época, no entanto, a Amazon também não abriu informações sobre a dimensão ou origem dos problemas, mostrando que o discurso da transformação da TI num serviço de utilidade pública empalidece um pouco quando as práticas de companhias na área são comparadas com verdadeiros players de utilities, empresas que operam sob grande escrutínio público.

    Falhas nos serviços devem gerar ceticismo nos clientes frente às promessas dos fornecedores a respeito da segurança de aplicações na nuvem, resultando por aqui num processo de reavaliação que já está em curso no exterior.

    Uma pesquisa recente da Comptia com 500 executivos de TI nos Estados Unidos mostrou um aumento do ceticismo frente à computação em nuvem.

    O estudo Trends in Cloud Computing aponta que mais empresas se colocam na categoria de uso não-crítico (38% em 2016 versus 27% em 2014), em vez da fase de produção completa (33% contra 42%).

    A fase de experimentação ainda concentra os mesmos 20% do ano passado. O número dos que dizem que a nuvem transformou seu negócio caiu de 11% para 8%.

    "O mercado de nuvem está sendo refinado à medida que os usuários ganham maior apreciação e compreensão do que a computação em nuvem envolve", afirma Seth Robinson, diretor sênior de análise de tecnologia da CompTIA.

    http://www.baguete.com.br/noticias/0...rtolandia-caiu

  2. #2
    WHT-BR Top Member
    Data de Ingresso
    Dec 2010
    Posts
    17,190

    IBM Brazil data centre outage prompts cloud scare

    Power cut could be the source of Big Blue’s data centre downtime at its Latin America Global Command Centre.

    João Marques Lima
    8 January, 2017

    One of IBM’s main data centres in Latin America was last week offline leaving some customers to experience as much as eight hours of service disruption.

    According to local media, the data centre outage occurred in the morning of January 3 prompting IBM to send a letter to customers sitting at the Hortolândia facility, São Paulo.

    Data Economy has contacted IBM in Latin America, but at the time of publishing IBM has failed to answer Data Economy’s calls.

    IBM has three data centres in the region, two in Brazil (Hortolândia and Jundiaí, both in São Paulo) and one in Mexico (Queretaro).

    Hortolândia is home to IBM’s Global Command Centre in Latin American since 2005.

    IBM’s entered the Brazilian data centre market in 2014 with the construction of the Hortolândia data centre followed by the opening of the Jundiaí facility in September 2015.

    The Brazilian market, and the Latin American region is, a whole, attracting more investment into the data centre and cloud spaces than ever before.

    For example, British managed services provider Claranet has announced it has entered an agreement to acquire Brazilian cloud services provider CredibiliT Tecnologia.

    In its turn, Equinix closed 2016 with a $3.6bn in which the company acquired 26 data centres from telco Verizon, including one in São Paulo and one in Rio de Janeiro.

    Speaking to Data Economy in the wake of the transaction, Keith D. Taylor, global CFO at Equinix, said: “It is important to recognise that Brazil is the largest GDP country in South America. Having an extension of our platform to Brazil makes infinite sense given the size of the market.

    “We as a company, despite the turmoil that exists in Brazil, have a propensity to invest in markets where we think there is a great opportunity, great future, and we have a very long term view.”

    https://data-economy.com/ibm-brazil-...s-cloud-scare/

  3. #3
    Web Hosting Guru
    Data de Ingresso
    Jul 2011
    Localização
    Redenção-Pará
    Posts
    348
    Este DC citado e o DC da http://ascenty.com/ ?

  4. #4
    Aspirante a Evangelist
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Posts
    387
    Da Ascenty é em Jundiaí onde fica a SoftLayer/IBM Bluemix.

    Esse de Hortolândia, se não me engano, é um datacenter "puro" da IBM, que já existe há muitos anos.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •