O supercomputador mais rápido do mundo, conhecido como K, aumentou sua capacidade de processamento para 10,51 petaflops, segundo a Fujitsu e a agência japonesa Riken, envolvidas na fabricação da máquina. São 10,51 quadrilhões de operações por segundo.
O K é formado por 88.128 CPUs interconectadas e ainda estão sendo feitos ajustes de software na máquina –o prazo para que fique pronto é junho de 2012.
Ele, que começou a ser desenvolvido em setembro de 2010, foi escolhido como o supercomputador mais rápido do mundo em junho de 2011, segundo a classificação TOP500, elaborada por universidades alemãs e norte-americanas
A ideia é que a velocidade dos cálculos e a precisão trazida pelo K possam ser aplicadas em diversos campos da ciência, como a análise do comportamento dos nanomateriais, a fabricação de células de captação de energia solar, a simulação do impacto de tsunamis e da previsão do tempo. O projeto "K" conta com um investimento de cerca de 112 bilhões de ienes (975 milhões de euros).

fonte: G1 - Computador mais r